Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 9 de janeiro de 2024

Desafios e oportunidades na logística e transportes em 2024

Neste começo de ano é preciso refletir sobre alguns aspectos, como pensar em um planejamento sustentável, com pilares de responsabilidade e ESG, levando em conta o plano orçamentário.

Mas, além disso, é preciso avaliar saídas disruptivas para todas as pontas da cadeia de suprimentos, elevando a experiência do cliente a níveis cada vez mais altos.

Para isso, mais abaixo compartilho alguns conselhos. Porém, saiba, antes de tudo, o que está por vir. E isso significa que, antes de colocar na ponta do lápis todas as ideias e distribuir recursos, meça a temperatura, tanto do seu cliente interno, como externo, e entenda, de uma vez por todas, o que o mercado está mostrando como proeminente quando o assunto é o cenário de logística e transportes para o próximo ano.

 

Abaixo listo os principais desafios da logística e transportes em 2024:

 

1) Globalização e complexidade operacional

 

A crescente globalização abriu margem para uma complexa rede operacional sem precedentes. Com uma cadeia de suprimentos interconectada globalmente, enfrentamos o desafio de navegar por diferentes regulamentações, infraestruturas e sistemas logísticos.

Meu conselho é: pense em meios rápidos para que toda essa complexidade não te impeça de oferecer operações que sejam eficientes e até mesmo globais, a depender do seu tamanho e target. Imagino que expansão deva ser palavra de ordem em muitas empresas do setor, mas é importante fazê-la com responsabilidade, mantendo (ou até melhorando) os padrões de qualidade.

Crescer oferecendo uma experiência negativa é pior do que se manter estável por mais tempo. E estabilidade é diferente da estagnação.

 

2) Sustentabilidade e responsabilidade ambiental

 

A pressão por práticas sustentáveis nunca foi tão intensa. Em 2024, a responsabilidade ambiental não é apenas uma escolha ética, mas uma necessidade importante e que deve ser olhada por todos, sem exceção. É urgente falarmos sobre práticas sustentáveis e que respeitem o meio ambiente.

É importante investir significativamente em tecnologias e processos que reduzam a pegada de carbono, promovendo uma logística verde e contribuindo para um futuro mais sustentável. O foco já não é mais pensar na construção de um mundo melhor para as próximas gerações, mas como mantermos um mundo habitável e saudável para a geração atual.

 

3) Tecnologia e inovação constantes

 

A evolução rápida da tecnologia é uma bênção e um desafio. À medida que abraçamos soluções inovadoras, enfrenta-se a necessidade de garantir a construção de uma equipe que esteja devidamente treinada e pronta para adotar essas tecnologias. A automação, a inteligência artificial e a análise de dados são partes fundamentais que devem estar traçadas na sua estratégia para otimizar operações e permanecer na vanguarda do setor.

A complexidade crescente das operações logísticas requer uma força de trabalho altamente qualificada. Recrutar, treinar e reter talentos tornou-se um desafio crítico.

Dito isso, minha pergunta é: quais são, hoje, as estratégias de capacitação que estão sendo oferecidas nas empresas? Treinamento e desenvolvimento de colaboradores estão previstos no seu orçamento de 2024? Se não, coloque.

 

Passamos pelos principais desafios, agora vou pontuar as oportunidades que se mostram no horizonte.

 

1) Transformação digital e conectividade

 

A transformação digital é a primeira oportunidade que se revela e deve ser a espinha dorsal de toda estratégia para o cenário de logística e transportes em 2024.

Meu conselho é: implemente sistemas de gerenciamento de cadeia de suprimentos mais inteligentes, explorando soluções de rastreamento em tempo real e invista em plataformas digitais para aprimorar a eficiência e a visibilidade em toda a cadeia.

 

2) E-commerce em ascensão

 

O comércio eletrônico continua a crescer exponencialmente. Esteja pronto para aproveitar as oportunidades que se abrem a partir disso. Fortaleça parcerias estratégicas para oferecer soluções logísticas personalizadas, garantindo uma entrega rápida, segura e eficiente para atender as demandas do mercado.

 

3) Inovação em veículos e infraestrutura

 

Pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de transporte avançadas devem estar no seu radar, e isso significa: veículos autônomos, drones e infraestruturas inteligentes.

Essas inovações não apenas melhoram a eficiência, mas também contribuem para a redução dos impactos ambientais. Percebemos, aqui, que tecnologia e sustentabilidade têm tudo a ver e engana-se quem pensa o contrário.

 

4) Colaboração e redes logísticas globais

 

Em um mundo cada vez mais interconectado, seja colaborativo! Faça parcerias estratégicas e participe ativamente de redes logísticas globais para otimizar fluxos de trabalho, compartilhar melhores práticas e enfrentar desafios de forma coletiva.

À medida que enfrentamos os desafios e abraçamos as oportunidades do cenário logístico em 2024, não deixe de mostrar o seu compromisso com a excelência, a inovação e a sustentabilidade.

Esse é o caminho para estar à frente de toda a cadeia de logística global.

Antonio Wrobleski Antonio Wrobleski

Especialista em logística, presidente da BBM Logística, sócio e conselheiro da Pathfind. Engenheiro com MBA na NYU (New York University) e também sócio da Awro Logística e Participações. Ele foi presidente da Ryder no Brasil de 1996 até 2008. Em 2009 montou a AWRO Logística e Participações, com foco em M&A e consolidação de plataformas no Brasil. Foi Country Manager na DHL e Diretor Executivo na Hertz. O trabalho de Antonio Wrobleski tem exposição muito grande no mercado Internacional, com trabalhos em mais de 15 países tanto no trade de importação como de exportação. Além disso, ele é faixa preta em Jiu-jítsu há 13 anos e pratica o esporte há 30 anos.

BR-101
Mundial Express
Savoy
Globalbat
Retrak
postal