Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Logística e Meio Ambiente 26 de janeiro de 2024

Fever Mobilidade lança caminhão compacto elétrico para portos e aeroportos

A Fever Mobilidade, hub de soluções de mobilidade sustentável em logística verde, está lançando com exclusividade no mercado brasileiro o Fever Alkè ATX 340 EH, um caminhão compacto 100% elétrico, importado da Itália e com capacidade para transportar mais de 6 toneladas.

“Atenta ao momento do setor de logística em 2024, a Fever Mobilidade traz uma opção com rápido retorno de investimento, redução de custos, além do impacto positivo nas demandas de sustentabilidade do setor e pegada de carbono, já que não emite gases na atmosfera”, diz Nelson Füchter Filho, CEO da Fever Mobilidade. 

Com 42 combinações de carrocerias e espaço para até 4 passageiros na cabine, o Fever Alkè tem 200 km de autonomia, zero emissão de gases poluentes na atmosfera e bateria que pode ser recarregada totalmente em até 3,5 horas e utilizada em uma jornada de trabalho superior a 8 horas.

As suas dimensões inteligentes permitem acesso a áreas que veículos tradicionais não são capazes de ingressar. Em aeroportos, por exemplo, pode ser utilizado para a movimentação de bagagens e até mesmo reboque de pequenas aeronaves.

Segundo Füchter Filho, a movimentação de cargas em ambientes confinados onde a velocidade baixa e controlada é um enorme desafio para as empresas em relação à performance de veículos a combustão, já que a natureza das operações exige jornadas extensas com paradas e arrancadas constantes em curta distância.

“Isso faz com que equipamentos tradicionais apresentem problemas de desempenho intermitentes. O Fever Alkè foi pensado para esse tipo de rotina, entregando força e agilidade em cada movimentação de carga. Uma grande vantagem é que o operador logístico terá a certeza de que o veículo estará sempre disponível. Sem contar a melhoria no ambiente de operação, uma vez que tudo é feito sem emissão de gases tóxicos e ruídos”, explica.

Eletrificação da frota logística 

A crescente demanda por eletrificação de frotas surge por diversos fatores, como a economia, eficiência, sustentabilidade e o fato da eletricidade não ser passível de manipulação ou alteração. “Atualmente, o transporte e armazenamento de combustível para áreas confinadas é um enorme problema para empresas que necessitam de abastecimento contínuo. Uma das principais razões de falhas e defeitos dos veículos utilizados é a qualidade dos combustíveis disponíveis. Quando ela opta pelo veículo elétrico, esse problema deixa de existir”, comenta o executivo.

“Pensando em alavancar o setor, estamos trazendo para o Brasil uma tecnologia de última geração, que tem um potencial enorme. Além da utilização em portos e aeroportos, esse veículo pode ser adaptado em outros cenários, como extração de minérios, centros logísticos, agronegócio, entre outros”, complementa.

Atuação da Fever Mobilidade

Com apenas 3 meses de lançamento, a Fever Mobilidade oferece veículos voltados à logística de última milha, com opções para compra e locação por assinatura, e mais de 16 concessionárias em todo o país. Em breve, a Fever também terá lojas em Recife, Goiânia e Brasília.

Enersys
Savoy
Retrak
postal