Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
E-commerce 3 de abril de 2024

Jadlog avança no atendimento a microempreendedores do e-commerce

Segmento que vem impulsionando o e-commerce, o de pequenos e médios varejistas e de microempreendedores digitais, que inclui as transações entre pessoas físicas, tem ajudado a alavancar também os negócios da Jadlog, uma das maiores empresas de transportes de cargas fracionadas do Brasil e uma das principais operadoras logísticas do comércio eletrônico.

Contando com uma estrutura de atendimento a esses empreendedores de mais de 4 mil pontos utilizados como base para o envio e retirada das mercadorias – incluindo a sua rede de franqueados -, a empresa opera a plataforma Jadlog Entregas, que permite a esses pequenos varejistas agendarem diretamente o envio dos produtos. Hoje já são mais de 10 mil usuários conectados, e a tendência é de aumento de clientes e volumes, inclusive em função da integração com plataformas de e-commerce como a Nuvemshop.

Ponto Pickup Jadlog: mais de 4 mil parceiros de bairro em todo o País, dos quais 900 na Grande São Paulo

Segundo a pesquisa NuvemCommerce 2024, realizada pela Nuvemshop, os empreendedores digitais faturam R$ 3,3 bilhões ao ano, já respondendo por uma parcela expressiva do e-commerce no País. Esse mercado é composto tanto por pequenas e médias empresas que vendem diretamente aos consumidores finais – no chamado B2C – quanto por pessoas físicas que comercializam produtos para outras pessoas físicas – no segmento C2C.

A Jadlog foi a primeira transportadora no País a inovar e criar uma plataforma própria de envios, que utiliza a tecnologia, com um processo todo automatizado, para facilitar e agilizar o envio de encomendas por parte de pequenos empreendedores e pessoas físicas. As encomendas são despachadas por meio dos pontos pick-up e da rede de franquias, distribuídos em várias localidades, e integram a solução OOH (Out of Home) da transportadora.

“A plataforma Jadlog Entregas vem atraindo rapidamente esses pequenos empreendedores porque eles conseguem realizar suas postagens em pontos próximos ao seus endereços, sem filas e sem burocracias”, conta Diogo Inoue, diretor comercial e de operações OOH na Jadlog, ao destacar que este é um modelo ágil e de custos menores.

Ele explica que o número de sellers que vendem pela internet através de site próprio e redes sociais está crescendo de forma expressiva. Segundo a pesquisa “Perfil do e-Commerce Brasileiro”, da BigDataCorp, são mais de 2,2 milhões de lojas virtuais atualmente no País. “É um mercado que só cresce, e que precisa estar conectado com uma ferramenta de fácil acesso. Por isso, a nossa expectativa é multiplicar o número de empreendedores que utilizam a plataforma e escalar rapidamente o número de clientes cadastrados.”

O serviço da Jadlog Entregas tornou-se possível graças à grande capilaridade de pontos Pickup instalados nas cidades brasileiras. Em todo o País, são 4 mil pontos parceiros de bairro, dos quais 900 estão instalados em diversos locais da região metropolitana de São Paulo – um número três vezes superior às cerca de 300 agências dos Correios na mesma região.


A logística pelos pontos Píckup é mais econômica do que nos modelos tradicionais, uma vez que as coletas e entregas nesses pontos ocorrem de forma consolidada, reduzindo o número de paradas e veículos circulando nos bairros. Isso além de ajudar na economia local, impacta positivamente o meio ambiente.

São franquias da Jadlog, cafés, lojas de acessórios para eletrônicos, floriculturas e mercados, entre outros estabelecimentos de bairros parceiros, situados próximos da residência ou do local de trabalho dos sellers, que podem postar ou retirar os produtos comercializados pela internet.

Assim como facilita a vida do seller, a plataforma Jadlog Entregas e os pontos Pickup também colaboram com os compradores, que podem usufruir da mesma capilaridade dos pontos comerciais parceiros de bairro para retirarem os produtos comprados pela internet.

Volvo
BR-101
Mundial Express
Savoy
Globalbat
Retrak
postal