Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Condomínio logístico 28 de julho de 2023

Pesquisa da Colliers revela que o Brasil registrou a menor taxa de vacância em condomínios logísticos desde 2016

A Colliers, considerada líder global em serviços imobiliários e administração de investimentos, acaba de divulgar a pesquisa do 2º trimestre de 2023 sobre o mercado de condomínios logísticos no Brasil.

Segundo o levantamento, abril, maio e junho de 2023 foram marcados pela menor taxa de vacância já registrada nos últimos sete anos, atingindo a marca de 9,5%.
A pesquisa revela que a absorção bruta, no segundo trimestre foi de quase 842.000 m² e que São Paulo foi responsável por aproximadamente 51% do inventário locado, seguido por Rio de Janeiro (8%), Santa Catarina e Minas Gerais (7%) e Bahia (5,89%). Ao menos cinco locações foram acima de 30.000 m². As principais locações foram para as empresas de alimentos, veículos, transporte, logística e varejo.

As devoluções tiveram uma queda expressiva comparada ao primeiro trimestre de 2023. No primeiro trimestre foram devolvidos 656.000 m², já no segundo, foram devolvidos 364.000 m², uma queda de 44%.
 O inventário entregue entre abril e junho de 2023 acrescentou 286.000 m² ao inventário existente. As novas entregas se concentram nos estados de São Paulo, Santa Catarina, Bahia, Alagoas, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Paraná.

“Assim como observado no primeiro trimestre de 2023, o mercado de condomínios logísticos de alto padrão segue aquecido. A taxa de vacância é a menor já registrada, desde 2016. Somente três estados registraram taxa de vacância superior a 15%, sendo eles Pará, Rio de Janeiro e Bahia, enquanto seis estados registraram 0% de taxa de vacância”, comenta Ricardo Betancourt, Executive Chairman da Colliers. O preço médio pedido dos condomínios logísticos no Brasil apresentou alta nos últimos meses, encerrando o segundo trimestre em R$ 23,80/m²/mês. O estado do Paraná registrou o maior preço médio pedido no país, R$ 29,70/ m²/mês, seguido por Bahia e Amazonas, com R$ 29,00/m²/mês e R$ 28,00/m²/mês, respectivamente.

Enersys
Savoy
Retrak
postal