Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Expansão 16 de abril de 2024

Plataforma inteligente de gestão e contratação de frete, goFlux conclui segunda rodada de investimentos de R$ 30 milhões

A LogFintech brasileira goFlux, especialista em soluções tecnológicas para cadeia logística, geração de dados com IA (Inteligência Artificial), antecipação de recebíveis, predição de fretes, além de impulsionar o mercado com solução para descarbonização das emissões de CO2, enquanto adiciona segurança, integridade e agilidade ao setor de transporte rodoviário de cargas, acaba de concluir sua segunda rodada de investimentos (Series A) no valor de US$ 6 milhões (cerca de R$ 30 milhões).  A primeira ocorreu em 2021, com o montante de R$ 6 milhões.

A captação atual, finalizada em fevereiro deste ano, foi liderada pelo fundo norte americano Capria, que investe em aplicação de tecnologias e IA em mercados emergentes. A rodada também contou com o follow on da SP Ventures, que já havia liderado a primeira rodada em 2021, além da entrada de novos investidores Internacionais como The Yield Lab Latam (Argentina) – Um dos principais investidores em AgTechs da América Latina –, Blue Impact Global, Reflect Ventures, Arrebol Capital (todos dos EUA), além de outros investidores baseados nos Estados Unidos e Suíça.

De acordo com Rodrigo Gonçalves, fundador e CEO da goFlux, essa segunda rodada teve como principal destaque o interesse do mercado internacional, já que cerca de 90% dos investidores estão fora do Brasil.

Segundo ele, entre os principais pontos que chamam a atenção para a LogFintech é a capacidade de execução da empresa. Em 2023, por exemplo, a plataforma transacionou 42 milhões de toneladas de carga, algo aproximado de US$ 1,5 bilhão. “O sucesso desta captação, com volume maior do que o previsto, mostra que estamos no caminho certo. Esses investidores certamente viram na goFlux um modelo de negócio único e com maturidade para crescer de maneira sustentável no Brasil e na América Latina”, diz.

Segundo Will Poole, sócio-diretor da Capria Ventures, desde o início ficaram impressionados com a visão da equipe e a capacidade de execução para revolucionar o cenário de fretes no Brasil e no exterior. “Observamos uma enorme oportunidade para a goFlux, não apenas em proporcionar o acesso à transportadoras de pequeno e médio portes, promovendo a desbancarização por meio de seu produto goFlux NaConta, mas também em aplicar IA Generativa para aumentar a produtividade e ajudar seus clientes com tomadas de decisão precisas. Fortalecendo, assim, o planejamento estratégico em um ambiente complexo e rico em dados”, reforça.

O valor captado será utilizado em três importantes pilares dentro da empresa. Uma parte do recurso será destinada para o Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC), criado este ano. O recurso estará disponível na plataforma 100% digital, o goFlux NaConta, produto para antecipação de recebíveis exclusivo para transportadoras.

Segundo Gonçalves, a ideia é ampliar a oferta de crédito para melhorar a relação de fluxo de caixa das mais de três mil transportadoras cadastradas na plataforma. “Vamos ao encontro das necessidades das transportadoras de terem acesso ao capital com custo adequado no momento que mais precisam, algo que também está ligado à sustentabilidade financeira do transporte do país”, afirma.

O segundo foco de investimento será em IA através de outra importante ferramenta da empresa, o goFlux View, uma solução integrada à plataforma de contratação que traz inteligência preditiva e permite uma visão futura do comportamento do frete no mercado. Utilizando esta solução, as empresas passam a ter a oportunidade de estar um passo à frente quando o assunto é variabilidade de preços de fretes. “Vamos ampliar os investimentos em IA principalmente para predição de frete e, assim, entender o comportamento do mercado futuro, ajudando as empresas a gerenciar os riscos da volatilidade de frete”, acrescenta o CEO.

A terceira aplicação do recurso captado será direcionado para melhorar as funcionalidades, segurança e o compliance da plataforma. Além disso, a ideia é também investir na expansão da equipe e ainda em novos negócios. “Queremos ampliar a presença em outros importantes mercados além do agro, como, por exemplo, setores de alimentos, papel e celulose, construção civil, siderurgia. O setor industrial está repleto de oportunidades”, detalha Gonçalves.

Conforme adianta o executivo, diversas indústrias têm uma demanda expressiva de transportes, que embora sejam características diferentes do agronegócio, a LogFintech está pronta para atuar. “Temos modelos de negócios e soluções para atender também diversos mercados, seja para contratação de frete, para cálculo de neutralização de carbono, por meio do goFlux Carbon Free, ou ainda para entendimento do comportamento baseado em IA e algoritmos”, diz o CEO da LogFintech brasileira.

Próximos passos

O ano de 2024 promete ser de grandes mudanças para a goFlux e marcará uma importante virada de chave. Um dos principais objetivos estratégicos da empresa é atingir o breakeven (ponto de equilíbrio), previsto já para o segundo semestre. Outro passo relevante será a expansão para mercados internacionais. A ideia é ampliar a tecnologia para países da América Latina, principalmente Argentina, Paraguai e Uruguai, além de México e Estados Unidos. “Considerando que para os americanos, as principais plataformas de frete estão posicionadas em segmentos industriais, com pouca abrangência no agronegócio, enxergamos uma oportunidade de negócios para nossa empresa e vamos trabalhar nesse objetivo”, finaliza o CEO da goFlux.

Enersys
Savoy
Retrak
postal