Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube
Veículos 9 de junho de 2020

Primeiros caminhões movidos a GNV/biometano do Brasil serão usados na logística da L’Oréal

A Scania entregou, em maio, os primeiros caminhões movidos a gás natural veicular (GNV) e/ou biometano do Brasil. Foram dois modelos R 410 6×2 para a RN Express e dois R 410 6×2 para a Jomed LOG. A Casa Scania Codema, de Guarulhos (SP), foi a responsável pela venda e entrega, e cuidará do suporte operacional e da manutenção dos veículos.
A RN Express foi a transportadora que comprou o primeiro caminhão movido a GNV e/ou biometano do Brasil, na Fenatran, em outubro de 2019. Os dois R 410 serão usados na rota São Paulo-Rio de Janeiro para o transporte de produtos da francesa L’Oréal. A empresa, ainda, atende os clientes Nespresso, Samsung, HP, Nestlé e Starbucks. Da mesma forma, a Jomed LOG comprou seus dois modelos no Salão Internacional do Transporte. Eles também vão transferir cargas para a L’Oréal em rota similar.
A rede de concessionárias Scania está sendo preparada para dar todo o apoio aos caminhões a gás. Não são necessárias grandes mudanças nas casas para receber os veículos mais sustentáveis. Dentre os itens obrigatórios estão boxes, ferramentas e check-list especiais, que serão implementados ao longo dos próximos meses.
Nova geração
O R 410 faz parte da Nova Geração da Scania, que teve suas vendas iniciadas em fevereiro de 2019. As empresas escolheram o Pacote Desempenho para usufruirem de todos os benefícios dos Serviços Conectados Scania. Este pacote permite acompanhamento em tempo real tanto do veículo quanto da forma de condução, individualmente, e garante um retorno imediato do investimento.
Os caminhões pesados movidos a GNV e/ou biometano são vocacionados para médias e longas distâncias. Seus motores são Ciclo Otto (o mesmo conceito dos automóveis) e construídos para ser 100% a gás e biometano, ou usando uma mistura de ambos. Os motores não são convertidos do diesel para o gás, têm garantia de fábrica e tecnologia confiável, com desempenho consistente e força semelhante ao caminhão a diesel, além de serem 20% mais silenciosos.
“A Scania, a RN Express e a Jomed LOG entram juntas para a história comprovando que estão, de fato, contribuindo para a redução das emissões de CO2 no planeta. Temos certeza que estas duas transportadoras e seus embarcadores servirão de modelos para outras empresas”, disse Silvio Munhoz, diretor comercial da Scania no Brasil.
A empresa já comercializou 23 unidades de caminhões GNV/biometano.

Newsletter
Cadastre-se aqui

Top do Transporte
Top do Transporte
Fronius Patrocinador
Top do Transporte
Top do Transporte
Toyota
Retrak
Savoy
JLL
JLL