Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Logística Portuária 26 de janeiro de 2022

Recorde: Paranaguá encerra 2021 com a maior movimentação de contêineres de sua história

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – encerrou 2021 com uma movimentação de 1,1 milhão de TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés). O balanço final é resultado dos investimentos em infraestrutura e capacidade logística, e representa um crescimento de 12% frente 2020, quando a empresa movimentou 983 mil TEUs.

Em meio a uma maré desafiadora para o setor portuário, o crescimento das operações realizadas pela TCP foram impulsionadas principalmente pelo aumento no número de importações, 20% superior ao ano de 2020. Os segmentos de mercado nessa frente foram bens de consumo e eletrônicos, e o setor automotivo, que apresentou recuperação considerável e movimentou 20.227 TEUs a mais do que no ano anterior no terminal paranaense.

As exportações de contêineres seguiram em linha com 2020, com 401.166 TEUs movimentados no ano, e a principal base foram “commodities” — com destaque para carnes e congelados, segmento em que o terminal é líder. “Somos o maior terminal de congelados do país, com 3.624 tomadas para contêineres refrigerados. Essa estrutura nos permite escoar o grande volume de carnes produzidas pelos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Santa Catarina, sendo Paranaguá o maior corredor de exportação de aves congeladas do mundo.” afirma Thomas Lima, diretor Comercial e Institucional do Terminal.

Novos desafios para 2022

Em dezembro, a TCP anunciou uma nova expansão do seu portfólio, com mais um serviço marítimo partindo do leste asiático. Navios da Hyundai chegam no final deste mês ao Porto e, com a nova parceria, a empresa passa a contar com sete serviços regulares para o Extremo Oriente – o maior número em oferta na costa brasileira, potencializando a atuação de Paranaguá no comércio exterior. Além disso, também está prevista uma ampliação do calado operacional em um metro de profundidade durante 2022, ampliando a capacidade em aproximadamente 400 contêineres adicionais por escala ou 280.000 por ano.

“Apesar da crise de falta de contêineres que atingiu todos os principais portos do mundo, a TCP continua aumentando sua capacidade de movimentação, investindo em pessoas e em equipamentos. Também viabilizamos mais rotas marítimas em Paranaguá, oferecendo opções competitivas para importadores e exportadores”, explica Lima.

Para 2022, a TCP parte do volume histórico alcançado em 2021 e almeja dar continuidade aos esforços já desempenhados, visando o crescimento contínuo: “A marca de 1,1 milhão de TEUs é resultado de um trabalho sério e consistente, feito por uma equipe comprometida com resultados e entregas. É uma conquista dedicada ao povo de Paranaguá que acredita e apoia o nosso trabalho e nosso porto”, finaliza o executivo.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal