Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Segurança 29 de junho de 2021

Roubo e furto de caminhões crescem 18%, no primeiro trimestre

As ocorrências de roubo e furto envolvendo caminhões e carretas cresceram 18% no primeiro trimestre de 2021, na comparação com os últimos três meses do ano passado. A média mensal de eventos entre janeiro, fevereiro e março deste ano foi 25,5% maior do que a média mensal de 2020. Os dados são do Grupo Tracker, maior empresa de localização e rastreamento do Brasil.

“Levando em consideração que ainda estamos no meio da pandemia, são números muito alarmantes”, afirma o diretor Comercial do Grupo Tracker. Rodrigo Abbud explica que no ano passado houve uma queda de eventos nos meses mais críticos de quarentena, mas agora os índices já superam a pré-pandemia. “Na comparação entre o primeiro e o segundo trimestre de 2020, a queda foi de 11%. Do segundo para o terceiro queda de 6%. Mas no último trimestre do ano já houve uma alta de 4%, acompanhando a retomada das atividades no país. E no primeiro trimestre de 2021 houve um salto. Se compararmos o primeiro trimestre de 2020, quando ainda não havia a crise sanitária, com os três primeiros meses deste ano, a alta foi de 2%”, analisa.

Para minimizar os riscos deste tipo de crime, a companhia disponibiliza as melhores tecnologias para monitoramento e rastreamento do mercado, com equipamentos que utilizam LBS, GPS, GPRS e/ou radiofrequência. Além disso, possui o exclusivo Sistema Inteligente de Detecção de Jammer, responsável por metade das recuperações de veículos pesados da empresa. “Nossa radiofrequência reporta um sinal à nossa Central de Operações assim que o ‘capetinha’ é colocado no veículo. Desta forma, conseguimos nos antecipar aos avisos dos clientes e ter mais efetividade nas recuperações”, explica o coordenador do Comando de Operações do Grupo Tracker, Vitor Correa.

A empresa investe constantemente também em infraestrutura. Grande parte dos equipamentos Tracker instalados em caminhões atua como rede móvel, ampliando ainda mais a capilaridade de antenas de escuta por todo canto do país. “O Grupo Tracker possui a maior rede privada de antenas de radiofrequência da América Latina. Em 20 anos de atividade no Brasil, já realizamos mais de 53 mil recuperações, evitando um prejuízo de cerca de R$ 4,7 bilhões”, afirma Rodrigo Abbud.

O Grupo Tracker está presente em 13 países dos continentes americanos e europeu. Oferece produtos para os mercados Segurador, Transporte e Logística, Construção Civil e Agrícola, além de veículos de passeio. A empresa é a fornecedora oficial de rastreadores para a BMW e para a Triumph e tem parceria com a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), com quem divulga regularmente o Boletim Econômico Tracker-FECAP, com análises dos prejuízos que o roubo e furto de veículos trazem ao país. Para conhecer mais sobre as soluções Tracker, acesse www.grupotracker.com.br

webinar
webinar
alperseguros
fronius
Retrak
savoy
postal