Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Condomínio logístico 25 de abril de 2024

VBI Real Estate capta mais de R$ 200 milhões em fundo logístico

O LVBI11, fundo do ramo logístico gerido pela VBI Real Estate, gestora especializada no setor imobiliário, comunica o encerramento da oferta referente à 5ª Emissão do FII VBI Logístico, composta por 1.874.893 cotas emitidas para distribuição primária. A referida oferta, que teve o Itaú BBA como coordenador líder e o BTG Pactual como administrador, conseguiu captar aproximadamente R$219,8 milhões.

Conforme descrito no Prospecto Definitivo da 5ª emissão, os recursos provenientes desta captação serão destinados à desalavancagem do fundo por meio do pré-pagamento dos CRIs SBC 1 e 2 (R$ 90 milhões) e para provisão de caixa visando obrigações futuras do fundo (R$ 128 milhões), as quais incluem a expansão do ativo Pirituba (R$ 26 milhões), o pagamento da segunda parcela do ativo Cajamar (R$74 milhões) e a recomposição de caixa (R$28 milhões).

Para aquisição do ativo SBC em dezembro, o fundo havia emitido CRIs em três séries no valor de R$115 milhões. A terceira série, totalizando R$25 milhões, foi quitada antecipadamente em fevereiro e, com esta nova emissão, a intenção é quitar as outras duas séries restantes.

O segundo direcionamento dos recursos desta oferta é a expansão do ativo Pirituba, parte integrante do portfólio do fundo, desde junho de 2020. Desenvolvido sob o formato built-to-suit para uma empresa multinacional, o ativo Pirituba apresenta elevadas especificações técnicas construtivas, tais como pé direito de 12 metros e sobrecarga de piso de 10 toneladas/m².

Além disso, desfruta de uma localização estratégica, situando-se a apenas 4 km da Marginal do Rio Tietê e a menos de 10 km do rodoanel Mário Covas. Com essa expansão, o ativo que atualmente abrange 12.340 m² deve adicionar até 7.098 m² de ABL e promete um retorno estimado de desenvolvimento em torno de 12,9% ao ano e uma receita imobiliária de R$0,03 por mês.

O ativo Cajamar adquirido pelo fundo em setembro de 2021 está estrategicamente posicionado com acesso direto à Rodovia Anhanguera. Localizado em uma área privilegiada dentro de um raio de 30 km da cidade de São Paulo, o empreendimento faz parte de um condomínio logístico composto por três galpões e teve sua licença para ocupação concedida em agosto de 2022. O pagamento da segunda parcela da aquisição está programado para o terceiro trimestre de 2024.

O LVBI11 possui um Patrimônio Líquido de R$ 1,66 bilhão e uma carteira composta por 10 ativos totalizando 519 mil m² de ABL, localizados nos principais centros urbanos ou num raio de até 30 km da cidade de São Paulo. O FII é classificado como o quarto mais líquido no setor logístico, com um volume médio diário negociado (ADTV) de R$4,2 milhões, um dividend yield de 9,2% ao ano e uma taxa média de vacância financeira inferior a 1,1% desde sua criação. Após essa emissão, o fundo alcançará um patrimônio líquido aproximado de R$1,9 bilhão e projeta-se um dividend yield estimado para o primeiro ano em torno de 9,2%, com uma expectativa mensal de rendimento por cota de R$0,90.

Volvo
Enersys
Savoy
Retrak
postal