Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 11 de setembro de 2023

Como a visibilidade em tempo Real nas operações de Armazenamento ajuda a lucratividade do segmento logístico

*Artigo produzido por Johannes Panzer, chefe de soluções industriais para e-commerce da Descartes Systems

 

Com o aumento dos custos trabalhistas, aumento dos aluguéis de armazéns e escassez de trabalhadores, varejistas e distribuidores estão sob pressão para maximizar a eficiência, produtividade e contenção de custos de armazenagem. No entanto, muitas organizações ainda dependem de processos baseados em papel de trabalho intensivo para gerenciar o atendimento de pedidos em milhares ou até dezenas de milhares de SKUs (Stock Keeping Unit – Unidade de Manutenção de Estoque), restringindo severamente sua visibilidade nas operações de depósito. Sem visibilidade em tempo real de todo o fluxo de estoque dentro do depósito – entrada de mercadorias, armazenamento, rotulagem, gerenciamento, pick-pack-ship (separar e embalar), devoluções – os gerentes responsáveis pela área estão operando no escuro, prejudicando a capacidade e a velocidade de atendimento, comprometendo a transparência e a rastreabilidade e sacrificando a lucratividade.

Seja no contexto de otimizar fisicamente a rotulagem e o armazenamento de itens para simplificar os fluxos de colocação e retirada, ou automatizar digitalmente o gerenciamento de inventário e devoluções para aprimorar a tomada de decisões baseadas em dados, um ambiente tecnológico que aproveita a leitura de códigos de barras para fornecer visibilidade detalhada nas operações de armazém é fundamental para a lucratividade sustentável – especialmente considerando o impacto custoso dos fatores macroeconômicos no desempenho e crescimento do cumprimento de pedidos.

Uma visão das mercadorias em processo

Embora os profissionais de logística estejam familiarizados com o refrão “Qualidade que entra, qualidade que sai”, quando se trata do armazém, esse princípio é tão útil quanto a precisão e a confiabilidade dos produtos em processo. Se as empresas estão contando com a visibilidade irregular (na melhor das hipóteses) de uma mercadoria em processo baseada em papel ou planilha, o desempenho do atendimento é prejudicado. Mas, ao implementar um processo de bens em andamento conduzido por fluxos de trabalho baseados em código de barras, varejistas e distribuidores podem rastrear e monitorar remessas recebidas em tempo real com precisão para acelerar o ciclo de vida do atendimento do pedido.

Trabalhando com leitores de código de barras portáteis, a equipe do depósito pode conciliar um item recebido com um pedido de compra, sem o incômodo de uma papelada manual demorada e propensa a erros. Uma simples varredura valida o pedido, garantindo que as mercadorias corretas na quantidade certa tenham sido entregues e os funcionários possam visualizar o registro do produto no sistema. No caso de ainda não existir um registo de produto, o funcionário do armazém pode facilmente marcar uma sessão fotográfica do artigo, conforme necessário.

Além disso, quando as verificações de qualidade são concluídas, os itens podem ser disponibilizados para os clientes on-line instantaneamente, acelerando o ciclo de vendas para gerar mais receita e eliminando vendas excessivas graças aos níveis de estoque precisos refletidos na loja on-line.

Otimizando o armazenamento

Um mapa de depósito estático é difícil de gerenciar e depende de catadores que comunicam manualmente as atualizações do chão do galpão – um processo bastante ineficiente. Ao alavancar fluxos de trabalho habilitados para código de barras, varejistas e distribuidores têm visibilidade em tempo real da movimentação de mercadorias em todo o espaço e podem aproveitar os benefícios do armazenamento caótico. Esse sistema de mercadorias com base em como e quando se espera que sejam vendidas ajuda as empresas a aumentar a eficiência e a produtividade do atendimento e escalar facilmente para gerenciar as flutuações sazonais, maximizando a capacidade de armazenamento para economizar espaço dispendioso no depósito.

Por exemplo, para grandes remessas de paletes vinculadas a uma próxima entrega ou campanha de vendas, colocá-las mais perto da área de embalagem minimiza a extensão das rotas a pé, economizando tempo e esforço dos catadores. Da mesma forma, quando a área de coleta no depósito não pode ser usada para armazenar grandes remessas de paletes, a identificação de uma área de reabastecimento para armazenamento otimiza o espaço disponível.

Impulsionando o desempenho de separação com etiquetagem de código de barras

Etiquetas de código de barras impulsionam a precisão do atendimento. Quando as etiquetas são digitalizadas e combinadas com os locais de depósito no armazém, a tecnologia pode direcionar os selecionadores para um local exato, ajudando-os a encontrar e selecionar facilmente os itens certos nas quantidades corretas. A digitalização de etiquetas, em vez de depender de um processo de coleta baseado em papel, fornece verificação instantânea do pedido, reduzindo drasticamente os erros para melhorar a experiência do cliente e minimizar o custo de devoluções.

Se os itens forem muito pequenos para serem rotulados individualmente, as empresas podem fixar os respectivos códigos de barras do item em posições fixas de depósito ou caixas abertas. Por exemplo, o uso de caixas abertas agiliza o processo de separação, eliminando a necessidade de retirar as caixas nas prateleiras de armazenamento – e colocá-las de volta – toda vez que um item é separado. A equipe de separação pode ver rapidamente os artigos nas caixas abertas, agilizando o atendimento do pedido para reduzir os custos de mão de obra e manter o fluxo de receita.

Ao equipar os catadores com leitores de código de barras integrados a um sistema de gerenciamento de depósito de comércio eletrônico (WMS), varejistas e distribuidores podem empregar caminhos guiados e uma variedade de técnicas de separação para aumentar a eficiência operacional e a capacidade de atendimento, reduzindo a demanda física dos trabalhadores. Por exemplo, a separação de vários pedidos pode agrupar volumes que tenham algo em comum, como tamanho/peso, tempo de entrega solicitado ou origem do pedido (ou seja, pedidos de um mercado de comércio eletrônico cujos tempos de despacho estão sujeitos aos SLAs da plataforma) para aumentar a eficiência; separação e classificação por zona em paredes de colocação podem ajudar a minimizar as rotas de separação em armazéns maiores para economizar tempo; triagem de pedidos e a classificação para um carrinho é uma opção eficiente para pedidos de tamanhos semelhantes.

Aprimorando a experiência do cliente com a visibilidade do inventário

A visibilidade em tempo real das operações do armazém melhora a precisão do estoque e aumenta o controle do mesmo, ajudando varejistas e distribuidores a rastrear e organizar o volume disponível em um nível granular para evitar a necessidade de contagens de ciclo frequentes, ao mesmo tempo em que fortalece os recursos de gerenciamento de estoque para melhorar a previsão de demanda.

A digitalização de itens com um dispositivo portátil durante o processo de separação também tem o potencial de acionar processos em segundo plano, como a atualização do estoque na loja online. Esse movimento automatizado elimina a necessidade da equipe atualizar manualmente o estoque no back-end da loja, reduzindo erros e liberando o tempo dos funcionários para se concentrar em tarefas de valor agregado.

Igualmente importante, os clientes veem consistentemente a disponibilidade precisa e atualizada dos produtos que desejam comprar na vitrine on-line, ajudando a impulsionar o giro de produtos, eliminando vendas excessivas e rupturas de estoque dispendiosas e garantindo que os clientes tenham uma experiência positiva com a marca.

Digitalizar retornos para reduzir custos

As devoluções de comércio eletrônico são um importante centro de custo para as organizações – remessa, reabastecimento, possíveis perdas devido a itens danificados ou invendáveis – costumam ser uma fonte de atrito para os clientes. No entanto, digitalizar o fluxo de trabalho de devoluções para automatizar a avaliação e o tratamento de devoluções facilita reembolsos ou trocas mais rápidas de produtos, transformando o gerenciamento de devoluções em uma oportunidade para encantar os clientes e criar fidelidade à marca, ao mesmo tempo em que oferece oportunidades para reduzir o custo de fazer negócios.

Ao capturar digitalmente mercadorias retornadas, utilizando um fluxo de trabalho de devoluções habilitado para código de barras para garantir visibilidade total do processo, varejistas e distribuidores podem aproveitar informações baseadas em dados (por exemplo, códigos de motivo de devolução) para identificar as causas principais das devoluções e resolver esses problemas para reduzir as taxas de devolução e custos associados. Por exemplo, os dados de devolução podem ajudar a equipe de sourcing a identificar e potencialmente remover itens com altas taxas de retorno ou resolver problemas recorrentes com os fabricantes. Em outro exemplo, a equipe de produto pode aprimorar as descrições do mesmo ou atualizar as informações de tamanho para minimizar as devoluções, melhorando a experiência do cliente e reduzindo os custos relacionados.

É tudo sobre clientes felizes e recorrentes

Ao priorizar a visibilidade em tempo real das operações do armazém, os varejistas e distribuidores estão melhor posicionados para atender à demanda do comércio eletrônico com níveis mais altos de satisfação do cliente. Com a leitura baseada em código de barras vinculada a um WMS (Sistema de Gerenciamento de Armazém) do e-commerce, as organizações podem alavancar a eficiência nos processos de entrada de mercadorias, armazenamento e expedição de coleta e embalagem, escalando facilmente em resposta a picos e vales no volume, para enviar pedidos aos clientes mais rapidamente usando menos recursos – uma vantagem para as equipes de depósito que já podem estar no limite. Além disso, o acesso a dados de inventário em tempo real ajuda a otimizar o armazenamento, o controle, e gerenciamento de devoluções para aprimorar a tomada de decisões, além de reduzir os custos operacionais e fortalecer os resultados. Mais importante ainda, os clientes são os grandes vencedores, com os benefícios das operações de armazém simplificadas refletidas em sua experiência de compra on-line eficiente e contínua.

Volvo
BR-101
Mundial Express
Savoy
Globalbat
Retrak
postal