Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 11 de agosto de 2022

O futuro da logística é colaborativo e sua empresa tem muito a ganhar

Por Gilson Chequeto – CEO da Lincros

Também conhecida como logística compartilhada, a logística colaborativa já é uma realidade em muitas empresas brasileiras que buscam uma distribuição eficiente e sustentável. Essa cadeia nem sempre é simples, levando em consideração as dimensões continentais do país e diversas circunstâncias que implicam na logística (como os impostos variáveis nos estados e a mudança de clima de uma região para outra, por exemplo).

Assim, é cada vez mais necessário que as empresas atuem através de redes fortalecidas de colaboração para agilidade das entregas, onde parceiros de diferentes negócios se comuniquem com agilidade para que o produto chegue ao consumidor final. Mais do que uma necessidade, a logística colaborativa, que reúne mais de uma empresa no processo de entrega dos produtos, exige controle e confiança, impulsionadas pela digitalização.

Apesar dos desafios, a logística compartilhada é uma solução cada vez mais necessária para garantir a competitividade dos negócios e maior compliance no processo de entregas. É com esse tipo de trabalho, que monitorado através de ferramentas eficientes de gestão, a empresa pode escolher parceiros confiáveis e de histórico positivo, garantindo um fluxo ágil na rotina.

Neste sentido, a logística colaborativa traz uma série de ganhos quando aplicada com apoio da digitalização de processos. Ganham todos os envolvidos: o embarcador, ao ter dados confiáveis e em tempo real sobre o andamento das entregas e o cumprimento dos prazos; o distribuidor, que não é mais um mero prestador de serviços, mas um parceiro essencial para uma logística integrada e eficaz; e o consumidor final, que recebe um serviço transparente e ágil, além de ter uma experiência de valor, impulsionada por uma comunicação baseada em dados reais sobre o processo de entregas. Em médio e longo prazo, cria-se uma cadeia de colaboração para serviços mais eficientes e de custos reduzidos, fluxos mais sustentáveis, com a otimização do uso de combustível/veículo e espaços de armazenagem.

Mais do que nunca, a logística colaborativa tornou-se uma etapa fundamental para a eficiência das empresas, cada vez mais impulsionada por soluções digitais integradas e ágeis. É, afinal, o caminho ideal para a competitividade, o compliance e a redução de custos das operações.

Volvo
Enersys
Savoy
Retrak
postal