Portal Logweb

Novos telefones Logweb
Twitter da Editora Logweb Facebook da Editora Logweb Linkedin da Editora Logweb

VLI amplia frota da Ferrovia Norte Sul

Notícia | 17 de Fevereiro de 2014


A VLI, empresa de logística que integra operações em ferrovias, portos e terminais intermodais, acaba de adquirir sete novas locomotivas para compor a frota que atende a Ferrovia Norte Sul (FNS). Os equipamentos, modelo SD70ACe, fabricados em Sete Lagoas (MG), serão utilizados para transportar grãos, celulose e combustíveis no chamado corredor logístico Centro-Norte, que interliga Porto Nacional (TO) ao Porto do Itaqui, em São Luís (MA).

As máquinas já saíram da fábrica mineira e seguem transportadas em carretas especiais por 1.400 km de rodovia até o pátio da ferrovia, em Porto Nacional, no Tocantins, onde será efetuada a operação de desembarque por um guindaste com capacidade para até 300 toneladas. De lá, seguem pelos trilhos para São Luís, no Maranhão, onde passarão pelo processo de montagem final dos equipamentos e testes operacionais. A previsão é que até abril todas as locomotivas já estejam incorporadas à atividade ferroviária da FNS.

Estratégia de crescimento

O investimento faz parte do plano da VLI para impulsionar seus negócios e ampliar a movimentação de cargas na malha ferroviária de sua abrangência em mais de 50% até 2017. A VLI atua em nove Estados e no Distrito Federal, divididos em cinco corredores logísticos: Centro-Norte, Centro-Leste, Centro-Sudeste, Minas-Rio e Minas-Bahia. Apenas no corredor Centro-Norte, que engloba os Estados do Maranhão e Tocantins, a frota de vagões para grãos e combustíveis mais que dobrou entre 2011 e 2013, saltando de 362 unidades para as 877 atuais. Já as novas locomotivas irão somar-se às 12 máquinas, modelo C36, que rodam nos trilhos da FNS, totalizando uma frota de 19 máquinas.

“O corredor Centro-Norte, que engloba os Estados do Maranhão e Tocantins, está na rota de crescimento da VLI. Além das aquisições em material rodante, também anunciamos no final de 2013, o projeto de dois novos terminais de cargas no Tocantins, um em Palmeirante e outro em Porto Nacional. Estamos atentos ao desenvolvimento dessa região e queremos crescer junto com ela”, destaca o gerente de fomento de negócios da VLI, Eduardo Calleia.

Comentários

Comentar
Não há comentários no momento

Publicidade

anuncie
 

Conteúdos Relacionados